Hotéis
Conveniada
Credenciada
Preferencial
Plus
Internacional
Filtros
{{city.page.totalItems}} hotéis encontrados
Filtros

Características do Hotel Características do Hotel

Tema / Tipo Tema / Tipo


Rede Parceira de Hotéis Rede Parceira de Hotéis


Experiências Experiências

Desculpe-nos!

Sua busca não retornou nenhum resultado!
Por favor, redefina os critérios da sua busca utilizando os filtros acima!

{{title}}
{{description}}
O que fazer?

Por que visitar Petrópolis?

...A CIDADE DO IMPERADOR  


Visitar Petrópolis é como entrar em um livro e viver as memórias de uma cidade que viu o Imperador Dom Pedro II, Imperatriz Leopoldina e Princesa Isabel, construírem parte da história do Brasil. Incomodado com o calor do Rio de Janeiro, onde vivia, Dom Pedro II seguia com toda a realeza para a região serrana do interior do Estado em busca de um clima mais ameno a cada verão, em quase todos os anos que governou o País.

A “Cidade de Pedro” fica a menos de 70 km da capital, Rio de Janeiro, e proporciona ao visitante uma rica viagem histórico-cultural e gastronômica, com aconchegante clima das montanhas, em meio à Mata Atlântica.

Conhecida por sua excelência na gastronomia, a cidade herdou traços e tradições da culinária europeia. Talentosos chefs foram atraídos pelo clima e frescor dos ingredientes, instalando suas cozinhas em bares e restaurantes, fazendo desta região serrana do Rio um dos cinco melhores polos gastronômicos do Brasil.

A paisagem que une o charme das construções do período imperial ao friozinho da serra, logo remete o visitante ao século XIX, com seus suntuosos palácios, casarões de veraneio, ornamentados por belíssimos jardins franceses. A linda experiência na cidade atrai cada vez mais viajantes em busca de tranquilidade e requinte.

 

Quando ir?

A temperatura média na cidade é de 18.4 °C. O mês de maior calor na cidade é fevereiro, que apresenta temperatura média de 21.7 °C, com maior máxima registrada, de 26.2 °C.

Os dias mais frios na cidade estão concentrados em julho, quando a temperatura média em Petrópolis é de 15.2 °C, a menor média do ano. As temperaturas mínimas neste período ficam em torno dos 10 °C durante a madrugada.

Festas e Eventos Regionais:

  • 16 de março - Aniversário de Petrópolis
  • 23 de abril - Aniversário de São Jorge, Padroeiro do Estado do Rio de Janeiro
  • 29 de junho - Chegada dos Primeiros Colonos
  • Junho/julho - Bauernfest (festa do colono alemão)
  • Setembro - Serra Wine Week
  • 19 de outubro - São Pedro de Alcântara, padroeiro da cidade
  • Novembro - Festival Petrópolis Gourmet

Para curtir ainda mais a sua visita, baixe o App com informações turísticas da cidade: Android ou IOS 

Gastronomia

O cenário gastronômico de Petrópolis destaca tradicionais churrascarias, bares e restaurantes de origem alemã, italiana, russa, portuguesa, francesa, espalhados pelas ruas da cidade, para que o visitante tenha muitas opções para degustar em sua viagem. O epicentro deste cenário são o Centro Histórico e Itaipava, nos arredores da Estrada União e Indústria. 

O município promove diversos festivais, como o maior evento de vinho da região, Serra Wine Week, em setembro, o Bauernfest - festa do colono alemão, entre o final de junho e início de julho, Petrópolis Gourmet, Festival Gastronômico de Petrópolis, Festival de cozinha italiana em Petrópolis, Festival de Fondues, Festival de Inverno do Sesc Agroserra e muitos outros ao longo do ano.

Os principais pratos da região são: Fondue, Churrasco, Carne, Queijos, Chocolate e Pratos de diversas cozinhas europeias.

Conheça mais sobre a gastronomia de Petrópolis em nosso BLOG:

Curiosidades

Em uma travessia pelo Caminho do Ouro na estrada que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais, Dom Pedro I, primeiro Imperador no Brasil, ficou hospedado na Fazenda do Padre Correia, e, encantado pelo clima fresco e exuberante Mata Atlântica, ali comprou os terrenos da Fazenda do Córrego Seco e de outras propriedades ao redor.

Dom Pedro II assinou um decreto em 16 de março de 1843, ordenando o assentamento de um povoado, formando o município de Petrópolis. Foi neste momento que imigrantes europeus, principalmente alemães, foram incumbidos de construir seu palácio, erguer a cidade e colonizar a região.

Muitas histórias interessantes se passaram no Palácio Quitandinha a começar por seu proprietário, tropeiro das Minas Gerais semianalfabeto, que se tornou o rei das noites cariocas e fundou o hotel-cassino por sugestão de ninguém menos que Getúlio Vargas. Também foi no Palácio Quitandinha que Martha Rocha foi consagrada vencedora da primeira edição do concurso de Miss Brasil.

O La Grande Vallée, sítio em Itaipava, onde o autor de “O pequeno príncipe” hospedava-se na década de 30. O espaço ganhou um memorial dedicado ao livro e seu autor, com documentos, fotos, matérias de jornal, livros e objetos decorativos relacionados à publicação. O primeiro andar está aberto à visitação guiada desde 2016.

Foi no Palácio de Cristal que, em abril de 1888, foram libertados os últimos escravos de Petrópolis, em uma bela festa com a presença da Princesa Isabel, que assinou a Lei Áurea.

No Guia Brasil 2015, Petrópolis é apontada como uma das cidades com maior número de hospedagens que receberam 7 selos de charme. Na gastronomia, foram cinco estabelecimentos premiados.

Petrópolis foi premiada como cidade brasileira não capital a registrar a maior evolução no Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2014, pesquisa do Ministério do Turismo em parceria com o Sebrae Nacional e a Fundação Getúlio Vargas.

Atrações em Petrópolis:

Petrópolis
{{attraction.name}}

Confira mais contéudo sobre Petrópolis em nosso blog

Dicas

{{tip.userName}}

{{tip.createdOn | date: 'dd/MM/yyyy'}}

{{image.name}}

{{tip.comment}}